O ano de 1963 é o marco inicial deste Congresso, quando aconteceu na Holanda por iniciativa do famoso cirurgião e hiperbarista Ite Boerema (1902-1980). Realizado a cada 3 anos, não está vinculado a nenhuma instituição, mas sim e apenas aos profissionais hiperbaristas organizadores do evento. Uma de suas regras básicas determina que a cidade sede do congresso esteja sempre localizada em um continente diferente do anterior.

A partir do 4º congresso, em Vancouver, Canadá, criou-se o rito do martelo de madeira, que é usado na abertura e encerramento do congresso e passado para o presidente do congresso seguinte. Desde 1981, no 7º congresso em Moscou, Russia, passou-se a colar uma placa comemorativa na frente da caixa que guarda o martelo.

O uso do martelo vem da mitologia nórdica e grega, possivelmente derivado dos cajados usados pelos sábios que os batiam no chão para chamar a atenção das plateias. Posteriormente foram substituídos por martelos, objetos menores e mais práticos. Atualmente são usados pelos juízes nos tribunais ao proferirem uma sentença. Até hoje se usa a expressão "bater o martelo" quando se conclui uma negociação ou se define algo que estava pendente.

Algumas instituições adotam o martelo como símbolo de atitudes sérias e bem intencionadas, como o que ocorre com o ICHM. Assim, instituiu-se o martelo de madeira que vem sendo passado, a cada congresso, de um presidente para o próximo. Atualmente o martelo veio de Belgrado, Sérvia, para o Rio de Janeiro, Brasil e deverá ser entregue para o presidente do próximo congresso, ao final do ICHM 2020.

Estamos muito orgulhosos em organizar esse congresso no Rio, mantendo a tradição dos ritos e do excelente conteúdo científico. Teremos muito prazer em recebê-los. O Rio espera por vocês!


Realização
Organização e Secretaria Executiva
Gestão de Projetos

Apoio Internacional

Apoio Nacional



Nyty Eventos

Tel.: +55 0800-0218717 / +55 (21)27172990 / +55 (21)99988-8082 (WhatsApp)
E-mail: ichm@ichm2020.rio.br